IMG_1106
Igreja Matriz de Castelo Novo

Igreja Matriz

Inicialmente chamada de igreja de Santa Maria de Castelo Novo (mais tarde chamada Nª Sra. Da Graça) existe desde pelo menos 1260. No entanto, seria por esta altura um templo muito diferente do que hoje existe, pois não evidencia actualmente qualquer vestígio românico ou templário. Os registos históricos existentes apontam para que o actual templo seja uma reconstrução setecentista (1732).

Igreja da Misericórdia

Situada um pouco abaixo da Praça, ao lado da casa-solar da família Gamboa, é um edifício do século XVII, início do século XVIII. No entanto, documentos históricos comprovam que por volta do século XVI existia no mesmo local uma outra igreja ao lado da qual existia um hospital.

Igreja Matriz de Castelo Novo
Igreja Matriz de Castelo Novo

Capela de S. Brás

Situada onde outrora existiram edificações romanas, faz lembrar a mencionada ermida de Nossa Srª. do Mosteiro, construção atribuída aos Templários e cujo nome sugere que ali tenha existido um Mosteiro nos tempos da Alpreada, mas não há vestígios do mesmo nas proximidades, nem do convento que ali próximo pretendem situar. A actual capela não está relacionada com os templários ou com os séculos XIII e XV, mas tem indicadores dos séculos XVI-XVII, como os vãos emoldurados, o aparelho isódomo da cantaria e a cruz da Ordem de Cristo na pedra de fecho do portal principal. Observando com atenção o portal, finamente emoldurado com um filete e dois capiteizinhos ao nível das impostas, é possível ler a data de 1576 num silhar lateral.

Situada um pouco abaixo da Praça, ao lado da casa-solar da família Gamboa, é um edifício do século XVII, início do século XVIII. No entanto, documentos históricos comprovam que por volta do século XVI existia no mesmo local uma outra igreja ao lado da qual existia um hospital.

Igreja Matriz de Castelo Novo