III Festival de Música de Castelo Novo – Ventus Nocturnos 2015

O Município do Fundão, em parceria com as Aldeias Históricas de Portugal e com o apoio da Antena 2 e da Junta de Freguesia de Castelo Novo, irá organizar, de 24 a 26 de Julho, o III Festival de Música Antiga de Castelo Novo – Ventus Nocturnus 2015.

Este festival surge do crescente interesse a que temos assistido nas últimas décadas pela música do passado, em especial pela música escrita antes do século XIX. O trabalho intenso de musicólogos, construtores de instrumentos e intérpretes levou à redescoberta de um repertório de compositores e instrumentos, cuja memória, em muitos casos, se perdeu. Todo este trabalho permitiu a reconstituição dos ambientes sonoros dos séculos que nos precederam e é essa reconstituição do passado que é pretendida no Festival de Música Antiga de Castelo Novo.

Para o efeito, ao longo de três dias, serão realizados vários espectáculos, onde surgirão compositores e obras, interpretados à luz das práticas dos períodos Medieval, Renascentista e Barroco, em instrumentos ou cópias de instrumentos originais, procurando reproduzir, nos nossos dias, as sonoridades do passado.

As particularidades de Castelo Novo tornam esta aldeia histórica num local fascinante, pela aura de misticismo e transcendência que emana e que está muito presente nas sonoridades do passado que se pretendem dar a conhecer com este Festival.

Fonte: CMF | Mais info. sobre o festival aqui

Programa

ESPECTÁCULO DE ABERTURA | Largo dos Antigos Paços do Concelho, 22 horas
“A entrada do rei”ESTE – Estação Teatral
Texto original: Comedia de la entrada del rey en Portugal, de Jacinto Cordeiro
Tradução (para trabalho): Ana Brum
Dramaturgia: Ana Brum e Nuno Pino Custódio
Encenação: Nuno Pino Custódio
Espaço e Figurinos: Ana Brum
Direção de Produção: Alexandre Barata
Fotografia e vídeo: Luís Batista
Direção técnica e iluminação: Pedro Fino
Atores: Roberto Querido e Tiago Poiares
1º CONCERTO | Capela da Misericórdia, 11h00
MÚSICA DO PERÍODO GALANTE I
Diálogos entre a viola da gamba, o violoncelo e o cravo na segunda metade do século XVIII
Obras de J.S.Bach, Antoine Forqueray, G.P.Telemann, Luigi Boccherini, Carl Friedrich Abel e Jacques Duphly
INTÉRPRETES: Camerata da Cotovia
Instrumentistas: Jacinto Mateus – Cravo; José Mateus – Viola da Gamba; Miguel Rocha – Violoncelo Barroco

2º CONCERTO | Igreja Matriz de Castelo Novo, 15h00
RECITAL DE CANTO E ÓRGÃO
Árias Barrocas – Em torno do Stabat Mater de Pergolesi
Obras de Vivaldi, Handel e Giovanni Battista Pergolesi
INTÉRPRETES: Ariana Moutinho Russo – Soprano; Rita Morão Tavares – Alto; Sérgio Silva – Órgão Positivo

3º CONCERTO | Capela de Sant’Ana, 17h00
DANÇAS ESTILIZADAS DOS SÉCULOS XVII E XVIII
Recital de Arquialaúde e Guitarra barroca
Obras de Giovanni Zamboni, Alessandro Piccinini, Santiago de Murcia e Gaspar Sanz
INTÉRPRETE: Maria Correia – Arquialaúde e Guitarra Barroca

PROVA DE VINHOS, PELO ENÓLOGO RODOLFO QUEIRÓS
Jardins da Casa de Cima – Propriedade da família Avilez Correia Sampaio, 18h30
“O homem por trás do vinho”

4º CONCERTO | Jardins da Quinta do Ouriço, 22h00
MARTYRIA
Concerto performativo em torno do Ciclo de Cantatas Membra Jesu nostri patientis sanctissima, BuxWV 75, de Dietrich Buxtehude (1637-1707)
(Espetáculo de Música, Dança e Multimédia)
INTÉRPRETES: Les Secrets des Roys
Cantores: Susana Quaresma – Soprano I; Mara Marques – Soprano II; Helena Romão – Meio-Soprano; Rui Oliveira – Tenor; Pedro Morgado – Baixo
Instrumentistas: Denys Stetsenko – Violino I; Rosa Sá – Violino II; Diana Matos – Alaúde; Sérgio Silva – Órgão Positivo
Dança: Maria Carvalho – Bailarina
Designer Multimédia: Lydia Neto
Direção de Cena: Rubens Saints
Antiga Escola Primária de Castelo Novo, 10h00
“JÁ CANTAM OS GALOS
Ateliê para crianças a partir dos 5 anos, orientado por Susana Quaresma e Diana Matos
Neste ateliê de Interpretação de música antiga através do canto e do movimento, pretende-se ensinar às crianças um pouco do repertório da música que se tem vindo a escutar no decorrer das primeiras edições do Festival.
Através do movimento, as crianças aprenderão temas musicais, que serão apresentados no encerramento do Festival, após o último concerto.
(*) Gratuito. Inscrições são obrigatórias e podem fazer-se no Posto de Turismo de Castelo Novo até às 10h00 do dia 26 de julho.

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA EM CASTELO NOVO | Igreja Matriz de Castelo Novo, 11h00
Música de Henry Purcell, Manuel Rodrigues Coelho, Frei Manuel Cardoso, Diogo Dias Melgás, João Rodrigues Esteves, Johann Sebastian Bach e Giuseppe Carcani
INTÉRPRETES: Sara Afonso – Soprano; Daniel Oliveira – Órgão

CONCERTO DE ENCERRAMENTO | Igreja Matriz, 15h00 
MÚSICA DO PERÍODO GALANTE II
Música ibérica e suas influências na segunda metade do século XVIII
Obras de Nicollò Jommelli, Joan Baptista Pla, Josep Pla, Pedro António Avondano e Carl Philipp Emanuel Bach
INTÉRPRETES: Enseble Ars Iberica
Olavo Tengner Barros – Traverso e Direção Artística; Alexandre Andrade – Traverso; Sofia Nereide Pinto – Cravo; Inês Coelho – Violoncelo Barroco

Les Secrets des Roys

É um agrupamento barroco de prestígio especializado na realização de “Espectáculos de época”. No seu repertório incluem-se obras de carácter sacro e profano, de compositores oriundos de vários países europeus. Apesar de formados apenas em 2009 contam já com apresentações no Palácio de Queluz, Palácio dos Condes do Marquês de Pombal em Oeiras, e com uma participação no Carnaval de Praga.
É ensemble residente do Festival de Música Antiga de Castelo Novo e um sério motivo para vir assistir ao festival.

Ensemble ARS Iberica

dedica parte do seu repertório ao estudo e interpretação da música ibérica e suas relações com a América do Sul. O Ensemble Ars Iberica faz a ponte histórica entre Espanha, Portugal e Brasil, na transição do séc. XVIII para o Séc. XIX. A investigação musicológica leva-nos à performance histórica de obras de Avondano, Rodil, Jommelli e Pla. Este programa foi apresentado pela primeira vez a quatro de dezembro de 2013 no Auditório de S. Francisco integrado no XVII Festival de Música Antiga de UBEDA e BAEZA, Espanha.

G.B. Pergolesi

Igreja Matriz de Castelo Novo | Sábado | 15 horas